1. Organizador

Wellfairs GmbH
Düsseldorfer Str. 41
40667 Meerbusch
Germany

  1. Expositores

São permitidos os expositores das seguintes áreas:

Produtos vegan & alimentação sem carne, estilo de vida à base de plantas, cosmética de origem natural sem testado em animais, roupa ecológica e têxteis para o lar, produtos bio e de comércio justo, gastrónomo & cozinheiros de showcooking, equipamento e aparelhos de cozinha, editoras & portais de internet, instituições de formação, empresas mais éticas, ou seja, ecológicas, bem-estar, associações, autoridades & instituições

 

  1. Inscrição

A inscrição é realizada através do formulário que consta do anexo incluindo a aceitação da presente condição de participação. O formulário deve ser preenchido e assinado devidamente sendo vinculativo quando é enviado ao organizador que é autorizado pela instituição responsável da realização do evento:

 

Wellfairs GmbH
Düsseldorfer Str. 41
40667 Meerbusch
Germany

As condições ou reservas indicadas na inscrição ficam sem efeito. Se possível são consideradas as preferências indicadas de lugares, mas essas não representam as condições para a inscrição. Não será concedido a exclusão de competição.

A inscrição é vinculativa quando o organizador confirma ao expositor por escrito a participação ou exclusão do evento. Se a declaração por escrito por parte do organizador não é emitida no prazo de um mês após a entrada da inscrição, o expositor tem um prazo de uma semana para rescindir a inscrição.

Os dados fornecidos juntamente com a inscrição serão dados a terceiros para o processamento pela informática e para a gestão contratual.

  1. Admissão/confirmação do stand

Os organizadores e/ou o comité de aprovação decidem livremente sobre a admissão dos expositores e sobre as peças de exposição. Não existe nenhum direito legal referente à admissão. A admissão ou exclusão são comunicadas por escrito. A admissão não é transferível.

 

  1. Atribuição e alteração do lugar

O organizador atribui ao expositor um lugar e informa-o pelo menos 2 meses antes do evento enviando a planta do salão. O organizador pode decidir livremente a atribuição do lugar. Isso aplica-se também se o expositor explicitou no ato da inscrição o lugar de preferência.

 

O organizador tem o direito de alterar a atribuição do lugar e o tamanho do espaço atribuído até 20 % quando existem razões objetivas, especialmente, para otimizar a imagem total do evento. Da mesma forma o organizador tem a liberdade de deslocar o acesso e os corredores do local do evento.

 

  1. Co-expositor, stands coletivos

São permitidos os stands coletivos ou co-expositores se o organizador atribui a permissão por escrito. Os expositores dos stands coletivos são solidariamente responsáveis ao organizador. O co-expositor é considerado o agente do expositor principal. O expositor principal cede todos os direitos contra o co-expositor ao organizador como garantia. O expositor principal paga para qualquer co-expositor uma taxa administrativa de 250€ + IVA.

Se houver produtos ou empresas que estão a ser divulgadas e que não foram mencionadas no ato da aprovação ou não foi pago uma taxa por parte do co-expositor, o organizador tem o direito de anular o contrato com o expositor principal e de arrumar o stand do expositor a cargo dele e sem a sua autorização.

  1. Cancelamento

Durante o período até à receção da aprovação por escrito o expositor tem a possibilidade de cancelar a sua participação contra pagamento de uma taxa de 25% do aluguer do stand. Após a receção da aprovação o cancelamento parcial ou total já não é admissível. Se mesmo assim o expositor não pode participar no evento, o organizador empenha-se, sem ter essa obrigação, de alugar o stand a outros. Todos os lucros alcançados menos os custos incorridos serão considerados no valor do aluguer do stand do expositor. O organizador tem o direito de rescisão do contrato se é solicitado uma comparação ou um pedido de declaração de falência sobre os bens do expositor no caso de não pagar o valor total do aluguer do stand.

 

  1. Vigilância

Para manter a ordem geral, o organizador assume a responsabilidade da vigilância da área do evento. Uma responsabilidade adicional por parte do organizador ou uma anulação de exclusões de responsabilidades não é aqui provocado. O organizador tem o direito de realizar todas as medidas necessárias de controlo para todos os stands.

  1. Entrar em stands alheios

Os stands dos outros não podem ser pisados fora do horário de abertura do evento e sem permissão do dono do stand.

  1. Regulamentos de venda

São permitidos a venda direta e venda por meio de livro de encomendas.

 

  1. Publicidade na área interior do evento

Materiais impressos e material publicitário só podem ser distribuídos dentro dos stands alugados e não nos corredores ou na área restante do evento. Quanto à realização da publicidade exterior devem ser respeitados os regulamentos técnicos do organizador e os do proprietário do salão e/ou da área do evento.

As medidas publicitárias que não respeitam os regulamentos de competição, as proibições legais ou o bom senso, não são permitidas. Também não são permitidas as medidas publicitárias que contêm um caráter ideológico ou político ou que incomodam outros expositores ou visitantes do evento. Os materiais publicitários que não respeitam os assuntos mencionados podem ser retirados e confiscados pelo organizador durante o período do evento. A tolerância do organizador em relação ao material publicitário não dispensa o cumprimento das disposições legais por parte do expositor.

 

  1. Serviços técnicos

O organizador é responsável pelo aquecimento, ar condicionado e a iluminação do salão. Os custos referentes à instalação de ligação elétrica, água, gás e pressão de ar dos respetivos stands, bem como os custos de consumo e de todos as outras prestações de serviço serão faturadas à parte ao expositor (expositor principal do stand). 

 

Qualquer instalação até aos stands só pode ser efetuada por pessoal qualificado e autorizado pelo organizador. Na área interior do stand as instalações podem ser efetuadas por outras empresas qualificadas que devem ser indicadas ao organizador. O organizador tem o direito de realizar a inspeção da instalação, mas não é obrigado para tal. O expositor é responsável pelos danos causados pela instalação.

 

As ligações, máquinas e aparelhos que não têm permissão, que não cumprem com as respetivas condições ou cujo consumo é superior ao que está indicado, podem ser retirados a custo do expositor. Devido a questões de segurança os expositores não podem utilizar a ligação elétrica de outros expositores. O titular do stand é responsável pelos danos causados pela utilização de eletricidade não controlada. O organizador não é responsável em caso de perda ou danos causados por interferências da alimentação elétrica. 

 

As condições de participação no VeggieWorld e os regulamentos técnicos para os expositores são parte integrante da presente condição de participação.

 

  1. Limpeza

O organizador é responsável pela limpeza do edifício, do salão e dos corredores. Para tal será cobrado um valor de 3€ mais IVA por mq.

A limpeza cabe ao organizador e deve ser realizada diariamente antes da abertura do evento. A limpeza só pode ser efetuada pela equipa do organizador ou por empresas autorizadas pelo organizador.

 

  1. Seguro de expositor e exoneração de responsabilidade

O organizador não é responsável pelos danos ou pela perda de bens do expositor ou do stand, por danos causados por incêndio, roubo, danos causados pela água ou por força maior. O expositor é livre de fazer um seguro sobre estes riscos de responsabilidade própria. Por motivos de interesse da ordem geral, o expositor tem a obrigação de comunicar todos os danos causados pelos riscos acima referidos e em caso de crime deve ser feito o comunicado à polícia.

O organizador é responsável pelos danos causados por ele ou por o pessoal autorizado por ele devido a negligência grave ou dolo, desde que os danos não sejam causados por outras razões.

 

  1. Reserva

Se o organizador ficar impossibilitado, por motivos alheios à sua vontade, de não poder realizar o evento ou apenas parte do evento ou realizar o evento noutra data, então o expositor não tem direito a indemnização. Se o tempo do evento ficará reduzido o valor do aluguer do stand será adaptado e o valor restante será reembolsado. No caso do evento não ter lugar, o organizador tem o direito de ficar com 25% do valor do aluguer do stand sendo os custos administrativos, a não ser que o expositor representa um gasto significativamente baixo.

  1. Direito à inviolabilidade do domicílio

O organizador exerce o direito à inviolabilidade do domicílio em toda a área de exposição, durante o período do evento e da montagem. O expositor está habilitado a dar instruções. Não são permitidos cães.

  1. Acordo oral

Todas as alterações e aditamentos do presente contrato devem ser feitos por escrito para que sejam eficazes.

  1. Prescrição

Todos os direitos dos expositores contra o organizador, seja qual for a causa legal, caducam no prazo de seis meses a contar do último dia oficial do evento.

  1. Competência judiciária

A competência judiciária responsável para todos os conflitos resultantes deste contrato é a sede do organizador. Aplica-se a lei alemã.

Estado: Janeiro 2018